Histórias

Ser empreendedor aos dezassete anos - Gonçalo Lopes

 

Quando penso na palavra empreendedor, penso logo noutras como arriscar, liderar, inovar e persistir. Todas elas qualidades que vamos desenvolvendo ao longo da nossa vida e daí dizermos que não se nasce empreendedor, mas aprende-se. E quando me perguntam o que é ser um empreendedor com 17 anos, não esperem uma resposta diferente. Não existe uma idade ou altura certa para ser empreendedor. Quem quiser ser, é. As qualidades necessárias são transversais a qualquer idade. Vão-se desenvolvendo. E as responsabilidades também vão surgindo das mais diversas maneiras.

Através da minha participação no programa “A Empresa”, a criação da Big Bang e o desenvolvimento da Virtual Bag, aprendi que um empreendedor não é alguém que tenta e, por sorte, acerta á primeira. Não é alguém que desanima com um “não”. Não é alguém que pensa que sabe tudo. Na verdade, um empreendedor é alguém que falha cem vezes para acertar uma. Alguém que ouve 1000 opiniões diferentes antes de tomar uma decisão. Alguém que cresce e aprende com cada “não” que recebe.

A conclusão a que cheguei, é que um empreendedor com 17 anos, não é diferente de um com 30 ou 40, porque, com 10, 17 ou 38, um empreendedor vai ter sempre que empreender. E por isso acredito que um empreendedor não passa de uma pessoa que, para além de sonhar, tem a coragem de implementar esse sonho. Ser empreendedor passa pela atitude. A fome e força de implementação da mudança. E é isso mesmo que um empreendedor de 17 anos tem de ser. Alguém determinado, com a responsabilidade de instalar a mudança e construir um futuro melhor.