Histórias

Hsports: de uma garrafa de plástico à Porto Design Factory - António, Miguel e Tomás

 

No início do programa tivemos algumas dificuldades em selecionar a ideia que iríamos trabalhar. Porém, essas dificuldades não foram equiparáveis às que sentimos quando apresentamos pela primeira vez a nossa ideia aos colegas de turma. Nesse momento, fomos bombardeados com inúmeras questões, às quais não tínhamos resposta. Todo o feedback acabou por ser crucial para a nossa equipa, dado que percebemos que se o que tínhamos era bom, poderia vir a ser ainda muito melhor.

Trabalhamos na ideia e conseguimos ser selecionados para a Feira Qualifica, na Exponor. Acabamos por não ganhar a competição nesta feira, mas mais uma vez ficou bem claro do que teríamos de melhorar caso quiséssemos estar presentes na competição nacional do programa.

Melhorámos o nosso sumário executivo e a forma de comunicar a nossa ideia. E, para nosso contentamento, fomos selecionados para a Feira (I)limitada, no Norte Shopping.

Ao final de um dia de extremo cansaço, de exposição do nosso projeto, foram anunciadas as 5 mini-empresas para a competição nacional, viria, na úlitma vaga disponível, a ser pronunciado - numa mistura de inglês e português, o nome “Hsports”, carimbando assim uma viagem a Lisboa, mais concretamente ao Museu do Oriente.

Na competição nacional, tivemos a oportunidade de apresentar o nosso projeto para 300 pessoas, de falar com colegas de outras equipas e de proceder a uma entrevista só com jurados.

Acabou por não ter o desfecho para que tanto trabalhamos - a ida a Bruxelas - mas toda a experiência nos colocou vários patamares acima do que nos encontrávamos no início do ano.

Procuramos sempre funcionar como uma equipa e acima de tudo não nos ficarmos só pelos requisitos do programa, procurando enriquecer o nosso projeto e a nossa experiência pessoal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Continuidade do projeto - Porto Design Factory

Após o término do ano letivo ficamos com uma sensação de vazio. Queríamos continuar o projeto que tínhamos iniciado e pelo qual tanto tínhamos lutado.

Durante o verão, em parceria com uma carpintaria, fizemos o primeiro protótipo daquela que viria a ser a ideia melhorada que iria dar continuidade à Hsports - uma garrafa de desporto com um separador no seu meio para que se possa transportar dois líquidos numa só garrafa.

Entretanto, fomos notificados de que se estava a desenvolver um programa na Porto Design Factory destinado a apoiar projetos em fase pré-embrionária e transformá-los numa startup capaz de atrair investimento.

Candidatamo-nos a este programa com o espírito de “não custa tentar”, mas com a convicção de que iríamos dar o nosso melhor para estar à altura das exigências.  Após o preenchimento de um formulário online, que incidia acerca da viabilidade do nosso produto e de uma entrevista presencial, o inesperado aconteceu! Fomos aceites com sucesso.

Desde Outubro, foram-nos proporcionadas experiências únicas, aliadas a um espaço peculiar!

Conhecemos empreendedores de todas as áreas e de diversas nacionalidades, entre eles, o “PMO” da Ikea, o fundador da Bric, e o organizador das Ted Talks; ouvimos palestras incríveis, e tomámo-las como inspiração para organizar a conferência Hsports.

Não esquecendo quem proporcionou que todo este processo fosse possível, no mês de Novembro, estivemos presentes numa ação de formação de professores da Junior Achievement, na Porto Business School, em que fizemos a demonstração de um pitch, demos o nosso parecer e conversamos com os professores sobre o programa.

A conferência Hsports decorreu no dia 17 de Janeiro do presente ano. Organizamos esta experiência para dar o nosso parecer sobre o mundo das startups, a quem concorre atualmente no programa “A Empresa” e contar um pouco da nossa experiência e evolução neste último ano.

Contámos com a presença de 60 alunos, da Escola Secundária Aurélia de Sousa e da Escola de Comércio do Porto.

A conferência contou também com um pitch em inglês de uma equipa do programa ME, e com a intervenção inspiradora e informativa do coordenador da Porto Design Factory, Rui Coutinho. Para finalizar o evento, os estudantes realizaram uma visita às instalações.

Nos últimos tempos, temos solidificado o nosso projeto. Tendo em conta a ideia base, temos estudado formas de tornar a ideia num negócio e de disponibilizar o produto no mercado.

Em parceria com designers do IPCA e com o nosso mentor de prototipagem - Tauan Tacchini, estamos, igualmente, a desenvolver o desenho técnico e industrial da garrafa 2Drink.