Luís Castro e Almeida

Castro e Almeida iniciou a carreira na banca em 1989 como analista financeiro da Société Française d'Accession à la Propriété, em Paris, onde esteve dois anos.

Em 1991 integra os quadros do Banco Finantia, na qualidade de subdirector do departamento de vendas de acções a investidores institucionais estrangeiros.

Entre 1994 e 1997, o gestor foi director do Banco Santander de Negócios Portugal, responsável pelo departamento de vendas internacionais de acções.

Depois, passa dois anos na Mello Valores, também como director na área das vendas de acções, passando em 1998 para o BBVA Midas como administrador, cargo que manteve até 2002.

Já em 2003 entra para o Banco BBVA como director de banca comercial, passando em 2007 para director de promoção de negócio.

Dois anos depois assume funções como director de transformação e qualidade no Banco BBVA, que desempenhou até 2011, quando é promovido a director de desenvolvimento de negócio do banco, cargo que manteve até chegar agora ao topo da estrutura da unidade portuguesa do BBVA.